Japão Amarelo               Bem vindo!   Login ou Cadastrar
Trabalho

Tipos de trabalho no Japão

Vai ao Japão pra trabalhar? Saiba exatamente no que consiste cada uma das ocupações

 

Arquivo

Tipos de trabalho
Hirokin (8 horas de trabalho de dia)= 100% do salário/hora
Zangyo Hirokin (horas-extras)= 125% do salário/hora
Yakin (8 horas de trabalho de noite)= 125% do salário/hora
Zangyo Yakin (horas-extras)= 150% do salário/hora
Nikotai (turnos alternados)
Yasumi (dias de descanso)

Salários
O valor do pagamento geralmente é calculado na relação iene/hora. Mas na hora da contabilidade, aconselha-se pensar no ganho como um salário normal. De fato, o contra-cheque só é emitido uma ou duas vezes ao mês.

Características do trabalho

Autopeças
Produção: Os prazos das empresas costumam exercer forte pressão sobre os funcionários, que precisam seguir cotas diárias de produção. A maioria trabalha em pé e desempenha funções repetitivas – algumas mais desgastantes do que as outras, conforme a peça que será produzida. A maioria é jovem, entre 18 e 35 anos.
Lavagem: O trabalho é considerado leve. Não exige grande experiência, mas requer o aprendizado de algumas técnicas específicas e atenção no serviço.
Inspeção: Apesar da função de inspetor ser considerada leve, exige muita concentração. É sobre esse funcionário que recaem as cobranças sobre a qualidade do produto final.
Salário médio: entre 1000 e 1,5 mil ienes (homens), entre 900 e 1.3 mil ienes (mulheres).
Hora extra: na média, entre duas e quatro horas por dia.

Alimentos
Preparação: O empregado deve preparar os alimentos para as linhas de montagem. O cargo requer saúde e força física pois a atuação pode ser em ambientes frios ou quentes.
Montagem: Consiste em colocar os ingredientes nos pratos. Ambiente predominantemente feminino e que necessita de agilidade.
Embalagem/kensa (inspeção): Neste setor, o funcionário embala produtos em bandejas e coloca-os em caixas. Atenção e delicadeza nos movimentos são qualificações desejadas.
Salário médio: entre 900 e 1,1 mil ienes (homens), entre 800 e mil ienes (mulheres)
Hora extra: até cinco horas por dia.

Eletrônicos
Kensa: É preciso muita atenção para observar todas as peças e não deixar passar nenhuma com defeito. Normalmente, o trabalhador que deve ter boa visão e concentração, fica sentado, em ambiente limpo.
Produção: A fabricação das placas de circuíto (kiban) é feita por meio da operação de máquinas robotizadas. É preciso ter um conhecimento razoável do idioma e agilidade com as mãos.
Montagem: O serviço de montagem de peças (kumitate) é feito com peças pequenas. Nas fábricas de celulares, por exemplo, as atividades mais comuns são colar as teclas de números nos aparelhos ou instalar as lentes das câmeras.
Salário médio: entre 1,1 mil e 1,2 ienes (homens), entre 900 e 1,1 ienes (mulheres)
Hora extra: de duas a três horas por dia.

Estação de esqui (sukijo)
Preparação: É cada vez maior a exigência da capacidade de comunicação em japonês, já que lidará com o público. Embora seja menos rentável, o serviço é mais divertido e você ainda pode aprender a esquiar. Algumas estações não cobram o alojamento.
Salário médio: 800 ienes, para homem e mulher.
Hora extra: não costuma oferecer.

Japão amarelo .com Atividades por localidade Mais buscas Grupo japao amarelo
Facebook Festas Empregos Administração
Orkut Consulado itinerante Iphone 4s Manutenção
Twitter Comidas tipicas Receitas de comida Fotográfia
Linkedin Bandas musicais Produtos de beleza Desenvolvimento web
 
Japãoamarelo.com 2012 - Onde você encontra o que procura.